Otimização de Reator Eletrolítico para Geração de Gás Hidróxi

Marlon Orlando Canal, Everton Aurélio Frinhani Soares da Silva, Gérlisson Negris, Wanderson Valentim Alves dos Santos, Felipe Oliveira Souza

Resumo


O método eletrolítico utilizado para romper as moléculas de água e produzir simultaneamente os gases oxigênio e hidrogênio é denominado eletrólise, que consiste na utilização de uma corrente elétrica contínua aplicada nos eletrodos, a qual ficam submersos em uma solução condutora. Conforme é fornecida uma tensão aos eletrodos, iniciam-se concomitantemente reações de redução na área catódica do reator e oxidação na área anódica, gerando como produto o gás hidróxi (hidrogênio: oxigênio). O objetivo do trabalho é avaliar as mais adequadas configurações operacionais de um reator eletrolítico na geração de gás hidroxila.  Para obtenção dos dados foram feitos experimentos em um protótipo, a fim de avaliar como o comportamento dos constituintes do meio reacional pode influenciar a geração de gás. Nos experimentos foram avaliados: o uso de diferentes eletrólitos, a concentração da solução eletrolítica e a distância entre eletrodos, mantendo-se a potência aplicada ao sistema sempre inferior a 144 Watts. Foram realizados testes com hidróxido de sódio e hidróxido de potássio, em concentrações variando de 0,1 a 1 mol.L-1 e espaçamento entre os eletrodos de 5mm a 35 mm. A melhor condição obtida foi utilizando o KOH com concentração de 0,20 mol.L-1, sendo obtido uma produção de 22,80 L.h-1 com consumo de 2,88 Wh.L-1, mostrando-se com uma eficiência de 64,10 %, comparando a energia consumida no processo com a energia química obtida pelo produto.

 

Palavras-chave: Energia; Hidrogênio; Eletrólise.


Texto completo:

PDF

Referências


ATKINS, P. Físico-química fundamentos. 3. ed. Universidade de Oxford: LTC, 2003.

BOARATI, J. H et al. Hidrelétricas e termelétricas a gás natural estudo comparativo utilizando custos completos. Projeto de formatura, EPUSP, 1998.

BOTTON, J. P. Líquidos iônicos como eletrólitos para reações eletroquímicas. Tese de Doutorado. Universidade do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. 2007.

BRASIL, Portal. Energia eólica. São Paulo, 2016. Disponível em: Acesso em: 29 jun. 2019.

BRITO, A. A. Flogisto, Calórico & Éter. Ciência & Tecnologia dos Materiais, v. 20, n. 3-4, p. 51-63, Lisboa, 2008..

CABRAL, E. L. L. Uso do hidrogênio no transporte público da cidade de São Paulo. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. São Paulo, 2013.

CRUZ, F. E. da. Produção de hidrogênio em refinarias de petróleo: avaliação exergética e custo de produção. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo, 2010.

FARIAS, L. M.; SELLITTO, M. A. Uso da energia ao longo da história: evolução e perspectivas futuras. Revista Liberato, Novo Hamburgo, 2011.

FARIAS, S. R. A. Protótipo de um microgerador termoelétrico de estado sólido: cogeração a gás. 2009. 98 f. Dissertação (Mestrado em Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.

FRANCESQUETT, J.; DOPKE, H.; COSTA, A.; KIPPER, L.; FERRÃO, M. Determinação do poder calorífico de amostras de gasolina utilizando espectroscopia no infravermelho próximo e regressão multivariada. Orbital: The Electronic Journal of Chemistry, North America, 5, jul. 2013. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2019.

GOLDENSTEIN, M.; AZEVEDO, R. L. S. Combustíveis alternativos e inovações no setor automotivo: será o fim da "era do petróleo"?, BNDES setorial, Rio de Janeiro, 2006.

GONÇALVES, O. D.; ALMEIDA, I. P. S. A energia nuclear. Ciência hoje. Rio de Janeiro: 2005.

LEE, J D et al. Química inorgânica não tão concisa. Edgard Blucher, 1999.

LIBERATO, R.; MOREIRA, J. R. S. Geração e combustão do hidrogênio obtido através do processo de eletrólise da água. Portal de química. Leis da Eletrólise, 2007.

MARIANO, J. B. Impactos ambientais do refino de petróleo. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2001.

MEDEIROS, W. B.; BOTTON, J. P. Métodos e eletrólitos utilizados na produção de hidrogênio. UNILA, Foz do Iguaçu, PR, 2015.

MIRANDA, R. M. Custos ambientais associados à geração elétrica: hidrelétricas x termelétricas a gás natural. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2001.

OLIVEIRA, D. et al. Considerações da análise energética em tarifas de energia elétrica. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. Campina Grande, PB, 2013.

PAULA, M. M. S. et al. Preparação e caracterização físico-química de eletrodos inertes e sinterizados, modificados por polímeros redox, empregando técnicas eletroquímicas. Florianópolis, 1999.

RAPELLI, R. M. Eletrodos porosos de níquel/zinco para produção de hidrogênio por eletrólise da água. 2012. 64 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Química, Campinas, SP. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2019.

ROSA, L. P. Geração hidrelétrica, termelétrica e nuclear. Estudos Avançados, v. 21, n. 59, p. 39-58, 2007. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/%0D/ea/v21n59/a04v2159.pdf >. Acesso em: 29 jun. 2019.

SANTOS, F. M.; SANTOS, F. A. Combustível ‘hidrogénio’. Millenium, p. 252-270, 2005. Disponível em: < http://hdl.handle.net/10400.19/435>. Acesso em: 29 jun. 2019.

SAUER, I. L. et al. Energias renováveis: ações e perspectivas na Petrobrás. Bahia Análise e Dados, 2006.

SERPA, L. A. et al. Estudo e implementação de um sistema gerador de energia empregando células a combustível do tipo PEM. Tese de Doutorado. Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Santa Catarina, 2004.

SHAYANI, R. A.; OLIVEIRA, M. de; CAMARGO, I. de T. Comparação do custo entre energia solar fotovoltaica e fontes convencionais. In: Congresso Brasileiro de Planejamento Energético (V CBPE). p. 60. Brasília. 2006.

SILVEIRA, V. F. Avaliação da injeção de gás HHO em um gerador a gasolina para fins de energização rural. Cascavel, PR, 2012.

SOLOMONS, T. W.; FRYHLE. C. B. Química orgânica I. 7. ed. Rio de Janeiro, RJ: LTC, 2010.

TERCIOTE, R A energia eólica e o meio ambiente. In: ENCONTRO DE ENERGIA NO MEIO RURAL, 4. 2002, Campinas. Proceedings online. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2019

WENDT, H.; GÖTZ, M.; LINARDI, M. Tecnologia de células a combustível. Química Nova, v. 23, n. 4, p. 538-546, São Paulo, 2000.

WOLLMANN, F. Estudo da utilização de gás hidrogênio em veículos automotores, Panambi, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Multi-Science Research (MSR)

Journal Multi-Science Research (MSR). e-ISSN: 2595-6590

Rua José Alves, nº 135, Goiabeiras, Vitória, ES (Brasil). CEP: 29.075.080.