Mudança na Distribuição Espacial da Produtividade da Cafeicultura no Espírito Santo nos Anos 2011-2016

Edileuza Aparecida Vital Galeano, Romário Gava Ferrão, Renzo Caliman Souza, Renato Corrêa Tanques

Resumo


Dentre as atividades agrícolas no Espírito Santo, se destacam nacionalmente a produção e exportação de café pela sua importância em termos socioeconômicos. Recentemente a cafeicultura capixaba tem sido afetada negativamente pelas adversidades climáticas e um novo rearranjo produtivo tem sido verificado. Dentro desse contexto, o objetivo do trabalho foi explorar a produtividade média da cafeicultura nos anos de 2011 e 2016, identificando padrões de localização espacial, bem como verificar as mudanças ocorridas nos anos avaliados. Foi utilizado como ferramental a análise exploratória dos dados espaciais a fim de identificar arranjos produtivos locais com alta produtividade agrícola. Em 2011, os clusters de alta produtividade concentravam-se no norte do estado, onde predomina a produção do café conilon, que atualmente é muito dependente da irrigação. Já em 2016, com as adversidades climáticas, os clusters de alta produtividade foram identificados nas regiões central e sul, onde predomina a produção do café arábica, a qual foi menos afetado pelas adversidades climáticas. O estudo mostra que houve uma mudança na configuração da localização dos clusters de produtividade, evidenciando a necessidade de adoção de medidas tais como investimentos em pesquisa e inovação que visem minimizar os impactos das adversidades climáticas sobre a configuração da produtividade na cafeicultura.

Palavras-chaves: Produtividade; Cafeicultura; Cluster; Dependência Espacial.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, E. Econometria espacial aplicada. Campinas: Alínea, 2012.

ALTENBURG, T.; MEYER-STAMER, J. How to promote clusters: policy experiences from Latin America. World development, Cambridge, v. 27, n. 9, p. 1693-1713, Sept. 1999.

ANSELIN, L. Interactive techniques and exploratory spatial data analisys. Longley P. A, Goodchild M.F, Maguire D.J and Wind D. W (Eds). Geographical information system: principles, techniques, management and applications. Wiley: New York. p 253-365. 1998.

ANSELIN, L The Moran scatterplot as an ESDAtool to assess local instability in spatial association. Fisher, M, Scholten, H.J and Unwin, D W (Eds.). Spatial analytical perspectives in GIS. Taylor & Francis. London. p 111-125. 1996.

ANSELIN, L. Local indicators of spatial association – LISA. Geographical analysis. v. 27 (2), April. p 93-115. 1995.

ARBIA, G. The role of spatial effects in the empirical analysis of regional concentration. Journal of geographical systems, Berlin, v. 3, n. 3, p. 271-281, Nov. 2001.

CHAIN, C. P.; CASTRO JR., L. G.; BORGES, R. C.; CARVALHO, F. M. Concentração espacial na indústria do café em Minas Gerais. Organizações rurais e agroindustriais, Lavras, MG: v. 18, n. 2, p. 111-124, 2016.

CARROLL, M. C.; REID, N.; SMITH, B. W. Location quotients versus spatial autocorrelation in identifying potential cluster regions. The annals of regional science, Berlin, v. 42, n. 2, p. 449-463, June 2008.

ESPÍRITO SANTO. Resolução nº 005, de 2 de outubro de 2015. Dispõe sobre a declaração do Cenário de Alerta frente ao prolongamento da Escassez Hídrica em rios de domínio do Estado do Espírito Santo e dá outras providências. Diário Oficial dos Poderes do Estado, Vitória, ES, 6 out. 2015. p. 26-28.

FERRÃO, R. G.; FONSECA, A. F. A. da.; FERRÃO, M. A. G.; DE MUNER, L. H. Café Conilon. 2. ed. atualizada e ampliada. Vitória, ES: Incaper, 2017. 784p

FERRÃO, R. G.; FONSECA, A. F. A. da; FERRÃO, M. A. G.; DE MUNER, L. H. Conilon Coffee. 3. ed. /Updated and Expanded. Vitória, ES: Incaper, 2019. 974 p

GALEANO, E. A. V.; TAQUES, R. C.; MASO, L. J.; COSTA, A. de F. S. da.; FERRÃO, R. G. Estimativa de perdas na produção agrícola capixaba em 2015. Incaper em Revista, Vitória, v. 6 e 7, p. 26-41, jan. 2015 a dez. 2016.

GALEANO, E. A. V.; VINAGRE, D.; OLIVEIRA, L. R.; BORGES, V. A. J.; CHIPOLESCH, J. M. A. Síntese da produção agropecuária capixaba 2014-2015. n. 247, p. 232, Vitória, ES: Incaper, 2017. (Incaper, Serie Documentos n. 247).

GUIMARÃES, E. R.; CASTRO JR., L. G. ANDRADE, H. C. C.; A terceira onda do café em Minas Gerais. Organizações Rurais & Agroindustriais, Lavras, MG: v. 18, n. 3, p. 214-227, 2016.

IBGE.INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Levantamento sistemático da produção agrícola – LSPA: pesquisa mensal de previsão e acompanhamento da safra agrícola do Espírito Santo no ano civil – safras 2011 a 2016, dez. de 2011 a dez. de 2016. Vitória. Relatórios de pesquisa.

_______. Produto Interno Bruto dos Municípios. Sistema IBGE de Recuperação Automática de dados –SIDRA. IBGE-PIB municipal 2014.

INCAPER. INSTITUTO CAPIXABA DE PESQUISA, ASSISTÊNCIA TÉCNICA E EXTENSÃO RURAL. Sistema de informações meteorológicas. 2015, Vitória, ES. Disponível em: http://hidrometeorologia.incaper.es.gov.br/?pagina=ultimasnoticias . Acesso em: mar. 2017.

LOPES, P. R.; ARAÚJO, K. C. S.; LOPES, I. M.; RANGEL; SANTOS, N. F. F. KAGEYAMA, P. Y. Uma análise das consequências da agricultura convencional e das opções de modelos sustentáveis de produção – agricultura orgânica e agroflorestal. Revista espaço de diálogo e desconexão, Araraquara, v.8, n.2, jan./jun. 2014.

MARCONATO, R.; LAROCCA, A. P. C.; QUINTANILHA, J. A. Análise do uso de tecnologias em estabelecimentos agropecuários por meio dos índices de Moran global e local. Revista de política agrícola, Brasília, v. 21, n. 1, p. 5-21, jan./mar. 2012.

MIDIC. MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO. Sistema de análise das informações de comércio exterior - ALICEWEB. Disponível em: Acesso em: 20 fev. 2017.

ORTEGA, A. C.; SILVA, G. J. C.; PAULA MARTINS, H. E. Transformações recentes da produção agropecuária no cerrado: cadeias produtivas e clusters na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. Ensaios FEE, Porto Alegre, v. 35, n. 2, p. 555-584, dez. 2014.

PADOVAN, M. P.; COSTA, A. N.; RAPIDEL, B.; BROOK, R. M. Sistemas agroflorestais com café e suas contribuições no contexto das mudanças climáticas. Incaper em Revista, Vitória, ES: v. 6 e 7, p. 26-41, jan. 2015 a dez. 2016.

PAVAN, L. S. Os determinantes da produtividade agrícola dos municípios paranaenses: uma análise de dados espaciais. Dissertação de mestrado em economia. UEM-Maringá, PR: 2013.

PEROBELLI, F. S.; ALMEIDA, Eduardo Simões; ALVIM, Maria Isabel da Silva A; FERREIRA, Pedro Guilherme. Produtividade do setor agrícola brasileiro (1991-2003): uma análise espacial. Nova Economia (UFMG), v. 17, p. 65-91, 2007.

PINHEIRO, M. A., PARRÉ, J. L., LOPES, R.L. Um estudo exploratório sobre os efeitos espaciais na agropecuária paranaense. XLIV Congresso da Sober. Fortaleza, 2006.

RAIHER, A.P.; ALVES, R.; CARMO, A. S. S.; STEGE, A. L. Convergência da produtividade agropecuária do sul do brasil: uma análise espacial. RESR, Piracicaba, SP, Vol. 54, Nº 03, p. 517-536, Jul/Set 2016.

SCHMITZ, H.; NADVI, K. Clustering and industrialization: introduction. World development, Cambridge, v. 27, n. 9, p. 1503-1514, Sept. 1999.

SILVA, A. E. S.; MASO, L. J.; COSTA, E. B.; BASSANI, L. A.; GALEANO, Edileuza A. Vital. Importância econômica e social do café conilon no Estado do Espírito Santo. In: FERRÃO, R. G et al. (Eds.). Café Conilon. 2. ed., Vitória, ES: Incaper, 2017, v. 2, p. 55-67.

SOUZA, R. M. de; PEROBELLI, F. S. Diagnóstico espacial da concentração produtiva do café no brasil, no período de 1991 A 2003. Revista de economia e agronegócio, v. 5, p. 353-377, 200


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Multi-Science Research (MSR)

Journal Multi-Science Research (MSR). e-ISSN: 2595-6590

Rua José Alves, nº 135, Goiabeiras, Vitória, ES (Brasil). CEP: 29.075.080.